alimentos de qualidade

Quando o assunto é saúde qualidade sempre é melhor que quantidade

O ser humano criou ao longo dos tempos uma relação afetiva com a comida, e realmente comer é algo muito prazeroso além de ser uma ação social, por isso mesmo com a crescente preocupação em relação a alimentação saudável se manter focado não é tão simples assim.

Tendo isso em vista a melhor forma de dar o primeiro passo é dar prioridade a qualidade e não a quantidade, até dá pra comer melhor e não passar fome, mas para isso é necessário que você entenda alguns pilares:

1 – Proteínas sustentam mais e por mais tempo e podem te ajudar a emagrecer

Elas demoram mais para serem quebradas, por isso liberam energia mais lentamente para o organismo. Isso mesmo, se você é daquelas pessoas que não comem muitos ovos e carnes pode ir mudando esse hábito aí. Além disso as proteínas são essenciais para o processo de construção muscular e esse processo demanda energia contribuindo assim para um maior gasto calórico ao longo do dia.

2 – Aumente o consumo de verduras e legumes

As fibras também contribuem para a saciedade, diminuem a absorção de gorduras e auxiliam no trânsito intestinal, além disso verduras e legumes são ricos em vitaminas e sais minerais essenciais para os processos fisiológicos do corpo contribuindo assim para seu bom funcionamento.

3 – Consuma frutas na quantidade correta

Frutas são extremamente nutritivas e é muito importante consumi-las, porém algumas são mais ricas calóricas do que outras por serem mais ricas em açúcares e gorduras, e ingerir grandes quantidades pode não contribuir para o emagrecimento.

4 – Diminua a ingestão de carboidratos

Sim os carboidratos são importantes para todos os processos metabólicos do nosso corpo, porém não é necessário que os mesmos sejam ingeridos em grandes quantidades. Isso porque nosso corpo possui reservas energéticas: as nossas células adiposas, então se temos sempre grande quantidade de carboidratos disponível, além de essa reserva não ser gasta, o corpo ainda guarda o que está sobrando e ao invés de emagrecer engordamos. Além disso consumimos em nossa alimentação outra fonte de energia importante: as gorduras, que também servem de reserva energética.

5 – Evite o consumo de alimentos processados e ultraprocessados

O lema é: quanto mais natural e menos ingredientes melhor. Isso porque esses alimentos contém quantidades exacerbadas de açúcar, gordura, além de adição de conservantes e outras substâncias prejudiciais a saúde.

6 – Beba muita água

Muitas vezes a sensação de fome pode ser erroneamente confundida com a sede, mantenha-se bem hidratado e veja como a fome vai diminuir ao logo do dia. Além disso estar bem hidratado é importante para o bom funcionamento dos processos fisiológicos do corpo.

É necessário compreender que uma alimentação saudável e equilibrada não vai ajudar somente no emagrecimento mas vai fazer seu corpo funcionar melhor. Inclusive aumentar até mesmo sua imunidade, já que os microrganismos do bem que habitam a microbiota natural do corpo, principalmente a do intestino (chamada erroneamente de flora), necessitam que você tenha uma alimentação rica em fibras, proteínas e vitaminas para povoarem seu organismo e ajudarem seu corpo a funcionar de uma forma melhor. Além disso os microrganismos que podem ser prejudiciais geralmente tendem a se multiplicarem organismos em desequilíbrio.

Os pilares aqui apresentados aqui não são nada tão extraordinário assim, na verdade é tudo bem básico, mas o básico que funciona, o alicerce de uma alimentação saudável. Essas simples mudanças podem fazer toda a diferença e te ajudar a ter uma vida mais plena.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.